domingo, 15 de novembro de 2009

DISCOGRAFIA: Legião Urbana (Parte 1)

O Melodia da Palavra tem o orgulho de apresentar a primeira edição da série Discografia: uma visão geral da carreira de grandes nomes da música. E para abrir a seção, a maior de banda de rock que o Brasil já conheceu: a Legião Urbana!


Pessoas de todas as idades têm na ponta da língua a letra de pelo menos uma música desse grupo que, com treze álbuns lançados, vendeu até hoje 20 milhões de cópias.

A Legião Urbana surgiu em 1982, em Brasília, com o desmembramento da banda punk Aborto Elétrico, que também deu origem a outro grande nome do rock brasileiro, o Capital Inicial. Sua primeira formação definitiva (já que alguns integrantes entraram e saíram nos primeiros meses da banda) tinha Renato Russo nos vocais, Marcelo Bonfá na bateria, Dado Villa-Lobos na guitarra e Renato Rocha no baixo.

Em 1983, o histórico show da banda no Circo Voador, no Rio de Janeiro, chamou a atenção da gravadora EMI, que contratou a banda para a gravação de uma fita demo. No ano seguinte, começariam a gravar seu primeiro álbum:

Legião Urbana, lançado em 02 de janeiro de 1985, traz uma mistura de canções românticas e músicas politizadas; entre as primeiras se destacam: “Será”, “Ainda é Cedo” e a bela “Por Enquanto”. Entre as letras mais críticas, estão incluídas “Baader-Meinhof Blues”, “Soldados” e o verdadeiro hino de protesto “Geração Coca-Cola”.

No primeiro trabalho do grupo, fica clara a influência do pós-punk de bandas como The Cure e Joy Division. Vale também mencionar que, a partir daqui, quase todos os seus discos trazem a frase em latim Urbana Legio omnia vincit (Legião Urbana a tudo vence), lema da banda adaptado da frase do imperador romano Júlio César Romana Legio omnia vincit (Legião romana a tudo vence).

O segundo disco do grupo, Dois, é provavelmente o mais famoso e o mais romântico dos álbuns da Legião. Vendeu 1,2 milhão de cópias e é o segundo disco mais vendido da banda. Sua lista traz as famosas “Quase Sem Querer”, “Eduardo e Mônica” e, a que provavelmente é uma das mais belas composições do grupo, o hino da juventude brasileira: “Tempo Perdido”. Também não faltam canções de protesto como o hit “Índios”, “Fábrica”, “Música Urbana 2”; também dignas de destaque a balada “Daniel na Cova dos Leões” e a apaixonada “Andrea Doria”.

Que País é Este? foi lançado em 1987 com nove faixas, sete das quais compostas na época do Aborto Elétrico e regravadas nesta ocasião. O álbum marca a despedida do baixista Renato Rocha, que deixa o grupo após desentendimentos com os outros membros da banda. É a obra da Legião mais próxima do punk.

Tem na sua tracklist “Que País é Este?”, música de protesto oficial do Brasil (risos), a crítica social em “Química”, “Mais do Mesmo” e numa das faixas mais famosas do grupo: a música de 9 minutos “Faroeste Caboclo”. O álbum não deixa de lado o romantismo, presente nas baladas “Eu Sei” e “Angra dos Reis”.

Em 1989, a Legião Urbana lança seu quarto álbum: As Quatro Estações. É o disco mais vendido do grupo e é considerado como o melhor e mais “religioso” disco da banda. Com a saída de Renato Rocha, traz Renato Russo e Dado Villa-Lobos se revezando nos baixos. O álbum traz músicas lendárias, como a bela “Pais e Filhos” e “Monte Castelo”, que traz citações da Bíblia e de Camões. Vale mencionar também as faixas “Há Tempos”, “Quando o Sol Bater na Janela do teu Quarto” e “Se Fiquei Esperando Meu Amor Passar”.

Na próxima semana, a segunda parte da Discografia da Legião Urbana! Não perca!

2 comentários:

Rubens Rodrigues disse...

Legião Urbana é, eu acho, a única banda nacional que fez de toda a sua carreira um clássico. Portanto, acabou influenciando muita gente boa. Capital Inicial (minha banda nacional preferida) não seria o que é sem a base que ganhou dos seus conterrâneos.

Mas sobre quem influenciou a Legião, punk-rock? Não. Pós-punk! The Cure e Joy Division são duas das maiores bandas do estilo pós-punk.

E "Há tempos" é melhor =D

sosvip disse...

Legião tem um som bacana. Nada muito sofisticado, mas de alguma forma bacana. Gosto muito. Bela postagem muito bem feita. Oganização e tal. Parabéns!!!